fbpx



166553766_1911317899021500_8650484840225075279_n

Tráfego pago e orgânico

Tráfego pago e orgânico

Tráfego pago e orgânico

A importância do tráfego pago e orgânico para seu e-commerce!

tráfego é um dos maiores ativos que um e-commerce pode conquistar em sua atuação, principalmente em tempos de restrições impostas pela pandemia de COVID-19.

Isso porque construir um tráfego consistente é garantir que sua loja virtual esteja sempre “movimentada”, expondo seus produtos de forma mais assertiva e possibilitando que esse movimento se converta em clientes.

Mas você sabia que existem dois tipos de tráfego? Na teoria, eles são opostos. Na prática, não só podem, como devem ser trabalhados juntos!

Portanto, uma estratégia de Marketing Digital bem-sucedida investe em ambos: o tráfego pago e o tráfego orgânico, para transformar as diferenças deles em complementos.

Então, vamos a uma explicação rápida antes de partirmos para os detalhes de como começar uma estratégia? Acompanhe a leitura!

O que é tráfego pago?

tráfego pago pode ser obtido através de diversos canais de terceiros, que promovem ou expõem o conteúdo da sua empresa enquanto você paga por isso.

Alguns exemplos desses canais são:

  • Google Ads;
  • Instagram Ads;
  • Facebook Ads;
  • LinkedIn Ads;
  • Twitter Ads;
  • Sites e blogs (publicidade nativa, banners ou publieditoriais).

Neles, há a possibilidade de segmentar o público-alvo que receberá o conteúdo a partir de dados demográficos e sociais. Assim, os resultados logo começam a surgir.

O que é tráfego orgânico?

tráfego orgânico é obtido por meio de canais próprios, criados para compartilhar conteúdo e incentivar, espontaneamente, interações do público-alvo com a empresa.

Exemplos de canais são:

  • Sites;
  • Blogs;
  • Redes sociais.

Neles, as interações podem ser:

  • Acessos à página;
  • Curtidas;
  • Compartilhamentos;
  • Visualizações;
  • Conversões.

Diferente do tráfego pago, os resultados do tráfego orgânico acontecem a longo prazo, mas acredite: são muito duradouros!

Como começar uma estratégia de tráfego pago?

tráfego pago é um poderoso aliado para potencializar uma estratégia para e-commerce porque, geralmente, seu foco é o público que já está buscando as soluções oferecidas pela empresa.

Sendo assim, um fator crucial para o sucesso de uma estratégia de tráfego pago é a segmentação adequada, em que os grupos de anúncios são definidos levando em consideração o público-alvo, as características gerais de um produto ou, até mesmo, as condições especiais, como promoções.

Dessa forma, a segmentação ajuda no melhor aproveitamento do investimento realizado e é fundamental para um acompanhamento mais preciso dos resultados da estratégia.

Como dar início a uma estratégia de tráfego orgânico?

As estratégias voltadas para obtenção de tráfego orgânico são o coração das histórias de sucesso no Marketing Digital. Isso porque são ótimas escolhas para médio a longo prazo.

Ações como a produção de conteúdo relevante para o público fazem muito mais do que atrair tráfego para o e-commerce da empresa: também geram valor, estabelecem confiança e aumentam a autoridade da marca.

Assim, essa é uma maneira extremamente eficaz de mostrar que a empresa sabe do que está falando, além de criar uma relação mais aberta com seu público. No entanto, apenas publicar conteúdo não é o suficiente!

Em uma boa estratégia de tráfego orgânico, existe muito planejamento envolvido para garantir que o conteúdo seja original e de qualidade. É preciso entender, principalmente, qual tipo de conteúdo o seu público consome e como chega até ele.

Dessa forma, entendendo como o tráfego pago e o tráfego orgânico funcionam, você saberá como gerá-los separadamente ou em conjunto. Com isso, agora o seu e-commerce também pode crescer muito mais no mercado em que atua!

Gostou do conteúdo? Conte com a Salazar Digital para buscar as melhores soluções em Marketing Digital para a sua empresa — desde o planejamento até a conquista de resultados surpreendentes. Fale conosco! Estamos prontos para te atender através das nossas redes sociais: facebookinstagram e whatsapp.

VOCÊ PODE GOSTAR DE LER